quinta-feira, 17 de julho de 2014

Ilustração: Dejah Thoris por Fortunino Matania


Uma Dejah Thoris bastante fiel ao imaginário de Edgar Rice Burroughs!
O artista foi o napolitano Fortunino Matania, nascido em 1881 falecendo em 1963.

Este artista foi bastante profícuo no início do século XX, trabalhando já em França, e quando eclodiu a I Guerra Mundial o seu talento foi reconhecido por toda a Europa devido aos seus trabalhos retratando a vida nas trincheiras dos soldados. Os seus trabalhos a preto e branco são os mais conhecidos, mas de vez em quando mergulhava na cor como podem verificar pela ilustração deste post.

Divirtam-se!

PS: Vou tentar fazer mais posts, até os denunciadores profissionais se lembrarem de mim novamente...
:D
E por favor, não divulguem os meus posts deste blogue no Google+, senão estou a ser denunciado rapidamente.

4 comentários:

M. C. Carper disse...

Very Nice+!!!!!!!

Nuno Amado disse...

M.C. Carper
Thank you, I think that this Dejah Thoris is very faithful to the image that Edgar Rice Burroughs try to pass in his books.
:)

Pedro Santos disse...

Bom, não eram só maminhas, fico a saber que as marcianas se rapavam, pena muito boa tuga não seguir esse caminho. :P

1 ab.

Nuno Amado disse...

Pedro Santos
Tás a ver, aqui aprende-se! Nunca tu pensaste que as marcianas faziam depilação total no início do sec XX!
Este é um blogue que faz serviço púbico!
:D